As Leis de Newton

Isaac Newton, uma figura proeminente na história científica, deixou um legado duradouro por meio de suas contribuições significativas, destacando-se nos campos da física e da matemática. Suas descobertas fundamentais, incluindo a lei da Inércia, a lei fundamental da dinâmica e a lei de ação e reação, não apenas revolucionaram a compreensão do movimento e da interação entre corpos, mas também solidificaram seu papel como um dos cientistas mais notáveis de tods os tempos.

Primeira Lei de Newton - Lei da Inércia

A lei da Inércia estabelece que corpos em repouso permanecem em repouso, e corpos em Movimento Retilíneo Uniforme (MRU) mantêm esse movimento com velocidade constante em uma trajetória. Quando um corpo está em repouso, uma força é necessária para alterar seu estado de movimento. Se as forças que atuam sobre um objeto se anulam, não há uma força resultante para modificar seu estado de movimento, condição essencial para compreender o equilíbrio de objetos em repouso ou movimento constante.

A tendência de um corpo permanecer em repouso ou em MRU aumenta com sua massa. Essa característica é crucial na aplicação da primeira lei de Newton.

Representação da primeira formula da lei de newton

Segunda Lei de Newton - Lei Fundamental da Dinâmica

A Lei Fundamental da Dinâmica afirma que a força resultante aplicada a um objeto é diretamente proporcional ao produto da aceleração do corpo pela sua massa. Essa lei é expressa matematicamente como F=m.a, onde F é a força resultante, m é a massa do objeto e a é a sua aceleração. No Sistema Internacional (SI), as medidas são expressas em Newton (N) para força, quilograma (kg) para massa e metros por segundo ao quadrado (m/s²) para aceleração.

É crucial destacar que a força é um vetor, possuindo módulo, direção e sentido. Essas características são fundamentais para realizar operações vetoriais, como a soma vetorial de forças, e são cruciais para compreender como as forças interagem e afetam o movimento dos objetos.

Terceira Lei de Newton - Lei de Ação e Reação

A Lei de Ação e Reação estipula que para cada ação há uma reação de igual intensidade, mas em direção oposta. As forças de ação e reação atuam em corpos diferentes e, embora apresentem a mesma intensidade, direção e sentidos opostos, não se equilibram. Isso significa que as forças sempre ocorrem em pares de ação e reação, impactando os corpos de maneira correspondente.

Representação da terceira lei de Newton

Essas leis são fundamentais para compreender o movimento de corpos, desde objetos diários até corpos celestes. Elas continuam a ser a base para o estudo da mecânica clássica e são essenciais para análises físicas em muitos contextos.

Responsável pelo Conteúdo

WhatsApp
LinkedIn
Facebook
Email

Descubra Mais

Compartilhar esse conteúdo:

Pesquisar:

Posts Recentes:

Categorias:

Reproduzir vídeo
Kit empreendedor para fabricação de cosméticos.
Agitadores de Laboratório