Turbina Rushton

Hélice Turbina Rushton de fluxo radial.

Desenvolvida para promover alta eficiência em homogeneização em testes de produtos de média viscosidade. Suas 6 pás impelidoras fixadas a 90º graus, potencializam o arrasto e mistura.

O design clássico do Impulsor Rushton fornece um padrão de fluxo radial simples que movimenta o material do centro do becker para fora, onde flui ao longo das paredes externas do recipiente. É mais comumente usado em tanques de reatores, mistura de duas fases (líquido / gás) e em qualquer aplicação de mistura intensa. Ele vem de série no 316SS.

 

Turbina Rushton de 6 pas

 

Vídeo de Apresentação:

 

Principais vantagens:

  • Os dentes simétricos, extremamente leves, garantem segurança com performance.
  • Não promove cavitação.
  • Máxima segurança em alta rotação.
  • Não utilizamos aço inox da China ou Paraguai.
  • Alta solubilização e mistura.
  • Mais recomendada para misturas que demandam alto bombeamento.
  • Inclinação de 180º das aletas, promovem uma maior arrasto de matéria prima.

 

 

Características Técnicas:

Fabricada 100% no Brasil.

  • Medidas: 50mm até 800mm
  • Material: Aço Inox 304 e 316L
  • Acabamento: Cerâmica, Eletropolido, Teflon e Especiais

 

Quer conhecer a hélice mais recomendada para diminuir o tempo de processo e que potencializará a eficácia do seu teste laboratorial? Confira nesse link.

 

Aplicações

Mistura de alta intensidade onde a dispersão de gás de serviço médio é necessária. Funciona bem em processos que exigem suspensão simultânea de sólidos. Projetado para lidar com baixa a média viscosidade.

A turbina de disco de disco original inventada na década de 1950, o modelo padrão da Turbina Rushton possui 6 lâminas planas verticais, no entanto, opções de 4 e 8 lâminas são comuns, dependendo da aplicação. Em aplicações de dispersão de gás de baixa a média intensidade, a entrada de energia Rushton cairá devido à presença de gás de até 60% exigindo um inversor de frequência ou motor de duas velocidades.

A Turbina Rushton não deve ser utilizada para aplicações de mistura sólido-líquido, pois as turbinas de fluxo radial não suspendem os sólidos para a menor entrada de energia. No entanto, em reatores trifásicos com exigência de alta taxa de uso de gás e suspensão de sólidos, a demanda de dispersão de gás é mais crítica para o sucesso do processo e uma Turbina Rushton deve ser usada. Nesse caso, o sucesso do processo determina o projeto do agitador e a entrada de energia não é fator ao decidir sobre a configuração ideal do misturador-impulsor.

 

Fotos:

Turbina Rushton - 04

Turbina Rushton

Turbina Rushton para produtos de alta viscosidade

Turbina Rushton

 

Detalhes Técnicos:

Turbina Rushton - Matriz

Turbina Rushton

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *