Como funciona o mercado de açaí

Como funciona o mercado de açaí

mercado_de_acai_brasil

 

O mercado de açaí cresce a passos largos. Hoje quase todos os sorveteiros pretendem oferecer açaí em seu portfólio de vendas. Conheça algumas técnicas e segredos para auxiliar você explorar este promissor segmento.

O açaí é considerado um alimento com alto valor energético, o que desperta o interesse deste fruto pela indústria nacional e internacional. Sua polpa é utilizada para produção de sucos, sorvetes, mix de frutas e consumido in natura. As propriedades antioxidantes do açaí o incluem no grupo de alimentos funcionais prevenindo doenças que estão relacionadas ao estresse oxidativo. Exatamente por isso há uma demanda tão grande em encaixar no cotidiano das pessoas.

Abaixo listamos algumas das principais características do mercado consumidor de açaí.

 

 

          Índice do Mercado de Açaí

  1. Dados sobre o consumo do açaí
  2. O processo de produção e consumo do açaí
  3. Característica e de um açaí bem e mal fabricado
  4. Informações gerais e tipos de embalagens
  5. A importância da estética e do design nas embalagens
  6. Sacos plásticos, os mais utilizados
  7. Cuidados com o armazenamento
  8. Vantagens das caixas de papelão, as atuais queridinhas do mercado
  9. Inspiração para lojas de açaí
  10. Equipamentos para produzir e misturar açaí
  11. Fornecedores e distribuidores de Polpas de Açaí

 

 

 

1 – Dados sobre o consumo do açaí

O consumo do açaí começou a ser ampliado no final da década de 90, com a industrialização e congelamento da polpa vendida ao mercado nacional, principalmente nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, e ao mercado internacional. A procura crescente pelo produto deve-se ao seu poder antioxidante, que combate os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento das células. Esse aumento da demanda trouxe também a necessidade de criação de métodos de monitoramento da qualidade do produto.

Conforme dados da Embrapa, as atividades de extração, transporte, comercialização e industrialização de frutos e palmito de açaizeiro são responsáveis pela geração de 25 mil empregos diretos e geram anualmente mais de R$ 40 milhões em receitas. Estima-se que no Rio de Janeiro sejam consumidas 500 toneladas mensalmente, 150 toneladas em São Paulo e outras 200 toneladas nos demais estados brasileiros.

Grande parte dos frutos de açaí provém do extrativismo realizado por ribeirinhos ao longo da bacia amazônica. As condições precárias de transporte até os centros urbanos (onde estão instaladas as agroindústrias) e armazenamento, tendem a gerar perdas pós-colheita e redução da qualidade dos frutos no destino final. O que afeta o seu preço de mercado.

Para que o mercado do açaí mantenha-se em crescimento, é preciso entender não só as questões de proteção da nossa biodiversidade, saúde e segurança, mas também de transporte, armazenamento, uso e até descarte. Dentre estas questões, vamos dar um enfoque maior, neste post, às embalagens utilizadas para armazenar o açaí processado (em estado de polpa).

 

2 – O processo de produção e consumo do açaí

O açaizeiro (Euterpe oleracea Mart) é uma palmeira que pertence à família Arecaceae. Pode atingir de 25 m a 30 m de altura e são encontradas em alguns estados da região Norte do Brasil com maior prevalência no estado do Pará. O fruto mede de 1 cm a 2 cm de diâmetro com o peso médio de 1,5 gramas.

Colheita, seleção e distribuição do açaí. Os frutos do açaizeiro são colhidos por ribeirinhos nas florestas da Amazônia. Feita a colheita, os paneiros – cestos típicos de carregar Açaí – viajam de barco até Belém, onde os frutos destinados à indústria são imediatamente processados e congelados. Ao chegar à indústria, o açaí passa primeiro por uma limpeza aérea que retira todas as impurezas. Daí então os frutos são levados a um tanque com água clorada, onde ficam por 15 minutos – um processo chamado “branqueamento”. Este procedimento é a desinfecção biológica, que elimina todas as bactérias que estiverem na casca do açaí, garantindo um fruto em perfeitas condições para despolpar.

Em seguida os frutos passam por um enxágue, e depois vão para um terceiro tanque de água, dessa vez morna, para o amolecimento da polpa. Os frutos são então levados à despolpadeira. A partir daí não há mais o contato manual. Essas batedeiras automaticamente despolpam, e separam a polpa do caroço.

Em seguida, as fábricas que fazem a pasteurização do fruto encaminham essa polpa líquida direto para a pasteurização, e logo após é feito o empacotamento em barras de 1 kg, que são imediatamente congeladas. Assim, a Mil & Ross faz a compra desse produto, que chega em carretas frigoríficas, depois de aproximadamente quatro dias de viagem. É feito então o controle de qualidade, onde se conferem os atributos do produto após a viagem. As polpas são então levadas aos contêineres frigoríficos, onde ficam estocadas a -22°C, até a hora de irem para a linha de produção.

Para serem utilizadas, antes é feita a lavagem de cada embalagem de polpa. As embalagens são abertas e as polpas são colocadas em caixas inoxidáveis na medida exata para chegar até às batedeiras, onde são processados os vários tipos e sabores. Automaticamente procede-se ao envase do produto, que já vai sendo encaminhado aos túneis de congelamento e às câmaras frias. Todo o processamento é muito rápido, e graças a essa rapidez e aos nossos métodos seguros de fabricação temos a satisfação de oferecer um produto que mantém os mais altos atributos de sabor e qualidade.

A polpa do açaí é utilizada para a produção de sucos, sorvetes, picolés e alimentos energéticos. Em alguns estados é habitualmente consumida com farinha de man­dioca, camarão ou carne. Nas regiões produtoras, a polpa do açaí é comercializada à temperatura ambiente, sendo então consumida imediatamente. Quando se destina aos comércios distantes, a polpa é congelada, porém essa técnica de conservação provoca danos ao alimento, como perdas nutritivas, que modificam as propriedades originais.

 

Variedades do Fruto: O açaizeiro apresenta duas variedades bastante conhecidas pelo homem interiorano, cuja diferenciação é feita apenas pela coloração que os frutos apresentam quando maduros, as quais podem ser assim caracterizadas:

 

Açaí Roxo:
É a variedade regional predominante conhecida com açaí preto, pois seus frutos apresentam, quando maduros, uma polpa escura, da qual se obtém um suco de coloração arroxeada “cor de vinho”, originando assim, a denominação popular de “vinho de açaí”.

Açaí Branco:
É assim denominado por produzir frutos cuja polpa, quando madura, se apresenta de coloração verde-escuro brilhante, fornecendo um suco (vinho) de cor creme claro.

 

Açaí em fruta e in natura

Mercado de Açaí na Amazonia

 

 

3 – Como é a característica de um açaí bem fabricado

Um açaí de alta qualidade tem como principal característica massa homogênea, levemente consistente e uniformidade. Não há pontos mortos, grânulos mal dispersos e cristais de gelo. O açaí precisa ter aspecto de vinho escuro, caso esteja em um tom de roxo mais claro, pode ter sido misturado com outra substância.

 

 

Acai-sem-cristais-de-gelo

Açaí bem fabricado

Açaí-homogeneizado

Acai-de-alta-qualidade-feito-em-nosso-triturador

 

Açaí bem fabricado e produzido natural.

Açaí puro, natural e bem fabricado

 

Um açaí mal produzido apresenta cristais de gelo em excesso e coloração duvidosa.

Acai-Mal-Fabricado_cristalizado

Acai-Mal-Fabricado_cristalizado2

Acai-Mal-Fabricado_cristalizado3

 

4 – Informações gerais e tipo de embalagens

As embalagens desenvolvidas para armazenamento do açaí entram na mesma classificação das embalagens para os sorvetes de massa, que há muito tempo presentes no Brasil, contam com uma diversificação muito maior de formatos e apresentações, com potes e embalagens primárias diversificadas em suas formas, volumes e materiais distintos.

Vale salientar que o mercado de embalagens também entra nos ciclos de tendências que estão ocorrendo como resultado de ondas econômicas, bem como o progresso tecnológico e o desejo de aceitar as novas ideias. Principalmente, no segmento de açaí, onde o apelo natural puxam às tendências.

O setor de embalagens para sorvetes de massa abriga em torno de 8.000 empresas, das quais uma fatia de 10% cabe às indústrias e o restante às sorveterias.

Tamanho das embalagens mais utilizadas: 200 Gramas, 500 Gramas, 2 Litros, 3,6 Quilos e 5 Quilos

 

Embalagens-de-Acai-7

Embalagens-de-Acai-4

Embalagens-de-Acai-6

Embalagem com 10 litros de açaí

 

5 – A importância da estética e do design nas embalagens

A embalagem é um instrumento de comunicação, uma ferramenta de marketing, que faz com que o consumidor se decida pela compra de um produto em detrimento a concorrentes. Uma embalagem inovadora e com um bom design pode ajudar a conquistar os diputados espaços nos pontos de venda, podendo elevar o valor da mercadoria e, consequentemente aumentar as exportações.

Sobretudo no setor de alimentos, as embalagens têm um impacto enorme nos custos de produção e transporte, e na comunicação com o consumidor final. São destaques, embalagens com design diferenciado, alta qualidade de impressão e papel de alta qualidade e gramatura.

 

frooty_acai-nova_embalagem

Embalagem para Açaí 1

Embalagem para Açaí 2

 

Embalagem para Açaí 3

 

Embalagem para açaí

 

Embalagem-para-armazenar-Açaí

 

6 – Sacos plásticos, os mais utilizados

Atualmente, as embalagens mais utilizadas para o armazenamento do açaí no mercado varejista são as de plástico (formato saco), cuja capacidade de armazenamento pode variar de 100 gramas, 250 gramas, até 1 quilo (kg). Este tipo de embalagem tem o seu fechamento feito, em boa parte dos casos, por termosseladora manual.

Para fins de exportação, as indústrias comumente utilizam embalagens acartonadas, com capacidade de 10 kg, forradas de material impermeável. As caixas, repletas de sacos de plástico ainda vazios, são colocadas sobre uma balança eletrônica, já tarada (zerada, com os devidos pesos descontados). Nos sacos são despejados, manualmente, 10 kg de polpa. Os sacos de plástico são vedados com amarrilhas e colocado na embalagem acartonada, que, por sua vez, é tampada e selada com fita adesiva.

As embalagens são acondicionadas em prateleiras dentro dos túneis de congelamento ou em freezer, com temperatura entre -18 °C e -25 °C, por um período de 24 horas a 36 horas. O açaí deve permanecer congelado até o momento do consumo…

Açaí Médio de 1 KG

Saco para armazenar - 01

sacos-de-acai-congelado

Saco para armazenar - 02

 

7 – Cuidados com o armazenamento

Armazenamento a baixas temperaturas, os produtos devem ser acondicionados e devidamente embalados, sem contato direto com o ar, em sacos transparentes ou em caixas para uso alimentar para que não sofram alterações ou contaminações físicas, químicas ou biológicas. Não devem ser armazenados dentro de latas ou sacos opacos.

A disposição dos alimentos deve permitir a correta circulação do ar frio entre os mesmos e evitar a transmissão ou absorção de cheiros. Para tal é necessário evitar a sobrecarga das câmaras.

Tudo deve estar devidamente acomodado sob pallets de plástico. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) possui algumas exigências e recomendações para as empresas que manipulam, estocam ou armazenam alimentos. De maneira geral, os alimentos devem ser armazenados de forma a impedir a contaminação e/ou proliferamento de microrganismos. O local de armazenamento deve ser limpo, com os alimentos mantidos ou separados por tipo ou grupo sobre pallets e/ou estrados (bem conservados e limpos).

Por conta das rígidas exigências, a própria Anvisa indica às empresas e indústrias usuárias desses produtos que façam a troca dos seus pallets por outros feitos em material plástico, por conta de fatores como melhor capacidade de higienização, organização e armazenamento dos alimentos.

Além da recomendação na legislação, há uma série de argumentos a favor do uso de pallets plásticos na indústria de alimentos. Especialmente indicados para setores que impõem restrições aos pallets de madeira, em razão de normas sanitárias ou de valorização da sustentabilidade ambiental, os pallets de plásticos são 100% recicláveis, descartáveis ou retornáveis, atóxicos, resistentes a produtos químicos, 70% mais leves que os de madeira, não exigem fumigação para exportação, permitem limpeza, não absorvem umidade.

 

Caixa para Açaí 3

Caixa para armazenar açaí 1

 

 

8 – Vantagens das caixas de papelão, as atuais queridinhas do mercado.

As caixas de papelão foram desenvolvidas para substituir os baldes plásticos. São uma opção diferenciada para a venda, armazenamento e transporte de sorvete, açaí e congelados em geral. São produtos descartáveis, higiênicos, práticos, econômicos e sustentáveis, especialmente desenvolvidos para as fábricas, distribuidoras e revendedores.

Essas embalagens, de alta qualidade, valorizam ainda mais o produto e reforçam os valores sustentáveis das marcas devido ao uso de material certificado (papel cartão de alta qualidade para que não se desfaçam com facilidade no freezer). Por fora papelão pardo, por dentro bolsa interna com revestimento plastificado o que a torna impermeável (papel kraft plastificado).

Podem ser encontradas caixas em formato padrão, comercializadas normalmente, mas também podem ser produzidas de acordo com a solicitação do cliente, podendo ter a tampa separada, com ou sem visor. A montagem costuma ser automática.

Para a estocagem de caixas de papelão, recomenda-se evitar que sejam armazenadas em grande quantidade dentro da área produção, mantendo-se o necessário para um curto período de produção, pois o aspecto do papelão é um ambiente propício ao acúmulo de poeira e insetos.

 

Embalagem para Açaí 6

Embalagem para Açaí 9

 

9 – Inspiração para lojas de açaí

loja_acai_inspiracao_01

loja_acai_inspiracao_02

loja_acai_inspiracao_03

loja_acai_inspiracao_04

 

10 – Equipamentos para produzir e misturar açaí

Como vimos, para que o sucesso comercial aconteça, é preciso alinhar a qualidade em todas as etapas. Desde o cuidado com a extração e a nossa biodiversidade até a chegada ao consumidor final. Agora faltam as máquinas. Conheça os equipamentos que deixarão seu açaí livre de grânulos, pontos mortos e cristais de gelo.

Existem muitos liquidificadores que são equivocadamente vendidos como trituradores. Não funcionam em virtude da baixíssima eficiência operacional. É impossível triturar com efetividade com hélices para liquidificar. Recomendamos o trabalho para uso em equipamentos mais robustos ou industriais. São elaborados para operar em alta performance, sob diversas condições, sem comprometer a performance. Além de permitir máxima segurança com o menor recrutamento de amperagem possível.

De acordo com a última exposição na FISPAL, os tanques dispersores do tipo cowles, proporcionam ou que há de mais atual em tecnologia em processamento de polpas de frutas e açaí congelados no mercado.

A atividade central do triturador do cowles é provocar o movimento helicoidal, transladando a matéria prima entre as aletas (dentes), resultando em um poderoso vortex. Não há nada mais eficiente na atualidade para dispersar, triturar e homogeneizar. Além de potencializar, qualifica seu açaí em homogeneidade. Com a hélice do tipo cowles é possível trabalhar em apenas processo (step), eliminando completamente os cristais de gelo e refinando em um processo único e 100% controlado. Eliminando completamente os pontos mortos e cristais de gelo. Proporcionando uma massa homogênea e totalmente uniforme.

 

Máquina para triturar Açaí

 

 

 

Disco Triturador de Polpas - 09

Disco Triturador de Polpas - 11

Misturador---Inteligente

 

Bônus

11 – Fornecedores de Polpas de Açaí

AÇAI NATVITA
Endereço: Al. Moça Bonita, nº 72 – CEP 67010-190 – Guanabara – Ananindeua – Pará – Brasil
Telefone: (91) 3237-7690 / 3237-0195 / contato@acaivitanat.com.br
Site: www.acaivitanat.com.br/

Bom Mix Açai
Endereço: Rua Orlando Perucci, 43 – Jardim do Sol, Cosmópolis-SP – CEP: 13150-000
Telefone: (11) 99370-9225 / (19) 98344-7113 / contato@acaivitanat.com.br
Site: www.bommixacai.com.br

Loucos Por Açaí
Endereço: Rua Tabajara, 971 – Lagoa Azul, Ibirité/MG.
Telefone: (31) 3621 – 6614
Site: www.distribuidordeacaibh.com.br

Açaí São Paulo
Endereço: Rua Abaitinga, 13 – São Miguel Paulista, São Paulo/SP.
Telefone: (11) 2289 – 0429
Site: www.acaisaopaulo.com.br

Açaí Santa Isabel
Endereço: Rua Jarbas Passarinho, 2 – Bairro Bacabeira, Benevides/PA.
Site: www.peixeacai.com.br

Açaí Fruits
Endereço: Estrada Itaquera-Guaianases, 2495 – Itaquera/SP.
Telefone: (11) 2552 – 6812

Mercado do Açaí
Endereço: Rua José Guilherme de Almeida, 585 – Jardim Satélite, São José dos Campos/SP.
Telefone: (12) 3937 – 4904
Site: www.mercadodoacai.com.br

Movido Açaí
Endereço: Rua Estêvão de Mendonça, 855 – Quilombo, Cuiabá/MT.
Telefone: (65) 8114 – 7552
Site: www.movidoacai.com

 

Conclusão

Para finalizar, eu gostaria de saber se você gostou do post e se já vende ou pretende vender açaí. As dicas ajudaram de alguma forma? Você conhece automação na produção de açaí? Já pensou em quanto sucesso você terá fabricando sua própria marca de açaí, aumentando seus lucros? Entre em contato comigo por WhatsApp: (11) 94984-2894 ou Email: henrique@sohelices.com.br (Henrique Linhares / Gerente Executivo).

Compartilhe conosco suas experiências!

21 thoughts on “Como funciona o mercado de açaí

  1. Tenho uma loja de acai, estava vendendo bem, meu concorrente começou a fabricar o acai, e colocou o preço do litro a 15,00 e minhas vendas caíram,,,,queria informações sobre como fabricar..em que pode me ajudar?

    1. Eni, boa noite.

      Isso é uma manobra de livre mercado – concorrência direta seguindo os princípios de oferta e procura. Concorrência é sempre bom. Porque tira a gente da zona de conforto.

      Não fique tão focado no preço do seu concorrente. Quem faz gestão baseada em preços baixos, uma hora seu atendimento ficará em déficit. O empresariado brasileiro mentalizou que abaixando o preço aumentaram as vendas, porém, isso está ficando para trás. Nesse cenário pós crise, o brasileiro aprendeu que preço baixo não convence por muito tempo. Existem inúmeros outros fatores que promovem a orientação de compra.

      Independentemente da margem que seu concorrente está praticando, foque no seu negócio. Gestão é fazer bem feito. É hora de olhar para seu umbigo. Faça melhor todos os dias. Oriente sua gestão para se superar positivamente no atendimento ao cliente. Atender bem é muito além da simpatia. É oferecer exatamente o que seu cliente procura. No caso do açaí, será oferecendo novos complementos, inovando em opções de sucos ou no estado (ponto) do açaí semi-sólido ou semi-líquido.

      Veja como está o uniforme da sua equipe. Precisa estar impecável. Como está a organização e disposição (layout) da sua loja. O layout de loja, tem por finalidade aumentar as vendas e melhorar o posicionamento dos produtos, permitindo um fluxo contínuo de informações.

      O visual da loja influencia, e muito, em seu sucesso. Sendo bem planejado, com fácil acesso, bonito, boa iluminação e clima agradável faz com que o consumidor se sinta bem, mantenha-se por mais tempo e compre mais. Toda a iluminação da loja, além de clarear o ambiente e facilitar a visão, deve ser planejada para destacar os produtos à venda. Selecione alguns produtos ou grupos deles para serem evidenciados.

      Já pensou em oferecer uma jarra ou copo de água mineral (filtro) de cortesia? Isso é muito comum em alguns restaurantes no mundo e aqui em São Paulo.
      Acabei de te enviar um email com outras informações.

      Espero ter ajudado.

      Caso precise, estou fulltime no WhatsApp (11) 94984-2894.

      Vá em frente e sucesso meu amigo.

      Abração, Henrique Linhares

  2. olá Henrique Linhares. Eu gostei muito do seu artigo!!
    Eu sou produtor de açaí aqui na cidade de igarapé-miri (Pará), comecei hoje a pesquisar sobre a exportação do açaí, se possível gostaria de entrar em contato com você para obter mais informações e fazer futuras parcerias também. abraços!!

  3. Olá, boa tarde
    Excelente post!! Estou abrindo uma fabrica de despolpamento de açaí em SP e fiquei em duvida a respeito dos certificados que eu preciso para transportar o açai do Pará até aqui.
    Se você puder me ajudar me informando quais os principais certificados para o transporte e como consegui-los eu ficaria muito grato.

    Meu e-mail é felipe.giacri@nuty.com.br

  4. Boa noite Henrique, Sou um colombiano morando no Brasil faz um tempo e estou pensando em emprender com um ponto de venda de açai na Colombia. Se é possivel gostaria tirar algumas duvidas com o senhor.

    Obrigado,

    Juan.

    1. Juan, boa noite.

      Primeiramente, parabéns pela iniciativa. Valorizo e respeito toda e qualquer atitude empreendedora no cenário brasileiro.

      O mercado de açaí cresce vertiginosamente. Acredito que seja um dos poucos cenários que estão superavitando. Porém, há ausência de profissionalismo e com excesso de pseudo empresários. Aos poucos está sendo maturado e excluindo organicamente os que desconhecem gestão.

      Se precisar de algo, me dá um toque no (11) 94984-2894 (WhatsApp e Celular)

      Abraços, Henrique Linhares

  5. Boa Tarde

    Gostei muito do material informativo, pois tenho uma loja de açãi e gostaria de saber o que e preciso para produzir o meu proprio açai e comercializar em meu estabecimento.

  6. Boa noite Henrique! Parabéns pelo artigo!! Excelente! Estou montando um loja na minha cidade, e gostaria muito das suas sugestões em relação a fornecedores (produto pronto). Certo do apoio! Rafael

    1. Oi Rafael, bom dia.
      Que legal que está iniciando uma loja de açaí. É um mercado que só cresce! Acredito que embora nossa economia esteja desacelerando indiretamente, o trade de açaí sobressaiu com 6% em relação ao ano anterior.
      Conte comigo para o que precisar nessa nova jornada empreendedora. Acabei de enviar um WhatsApp pra você!
      Um abraço, Henrique Linhares

  7. Olá, bom dia muito boa a matéria, estou pesquisando pois gostaria de entrar no ramo de vendas de açaí em quiosques pois na minha cidade não á muita opçãos de quem se dedica a venda de açaí somente.porem o que me preocupa é com a biodiversidade com o trabalho dos ribeirinhos se são estimulados a produzirem mais , ou só a colheita pois todos sabemos se não plantamos não colhemos , queria ler estudo sobre o assunto como se dá o plantio … obrigada

      1. Olá Henrique boa tarde, parabéns pela bela e completa matéria. Também estou estudando o mercado e gostaria também das informações do mercado de açaí em 2018. Muito Obrigado!

  8. Boa noite!

    Excelente publicação, muito elucidativa!
    Boa parte dos processos descritos aqui não são de conhecimento da maior parte dos consumidores de Açaí.
    Estou escrevendo um artigo sobre o comércio de açaí. Trata-se de estudo para uma das disciplinas do curso de Gestão Comercial da Fatec de Araraquara.
    Gostaria de saber se possui mais materiais sobre o cenário econômico para o mercado de açaí e poderia compartilhar.
    Atenciosamente,
    Mariano Moraes.

  9. Gostei muito das informações. Estou pesquisando para possível abertura de quiosque em shoppings e outros locais de grande fluxo.
    Entrarei em contato para mais informações é possível parceria.

  10. ola boa noite.

    gostei muito da matéria, mais fiquei curiosa do fornecedor do acai pronto pra consumo.
    Nas fotos eles tem tampa e já veem com o complemento desejado.
    Nao tenho interesse inicial de ter loja e sou apenas uma dona de casa buscando um meio de me sustentar por meios próprios, sem precisar ter uma linha de produção, mas oferecendo um produto diferenciado bem higiênico e pratico.

    aguardo ansiosa, abraços

    1. Luiz, boa tarde.

      Obrigado pelo interesse em nossa tecnologia.

      Realmente o mercado de açaí está em ascensão há 4 anos consecutivos. Sem dúvida, é um excelente mercado a ser explorado, com muito planejamento e pesquisa.

      Adicionei você no nosso WhatsApp e enviei um vídeo técnico, com detalhes de matéria prima, custos, fornecedores, equipamentos, etc.

      Aguardo seu retorno.

      Um abraço, Henrique Linhares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *