Agitador mecânico de bancada para laboratório

Agitador mecânico de bancada para laboratório

Tempo de leitura da página: 4 minutos

 

Agitador mecânico de bancada para laboratório

Hélices ventiladas ou aberturas superiores para introduzir uma ação adicional de bombeamento e acrescentar ao fluxo radial máxima homogeneização em recipientes de 300ml até 10 litros.

Evo, é o agitador mecânico de bancada para laboratório com sucção especial orientado para produtos densos e viscosos.  Desenvolvido com tecnologia híbrida é a ferramenta essencial para qualquer teste de bancada, formulação, teste de qualidade, desenvolvimento de novos produtos e melhoria de processos. Oferece a flexibilidade e o poder necessário para a agitação dos produtos mais complexos com ganho de performance através da ventilação circular, retangular ou especial nas lâminas de fluxo axial.

Cada hélice possui orifícios específicos extras, integrados na geometria proporcional da superfície, proporcionando fluxo adicional para aplicações em viscosidades e densidades mais elevadas. Os agitadores de laboratório possuem distintos números de bombeamentos (Nq), que são valores adimensionais de grande importância no critério de seleção e definição para auxiliar na transferência de calor, dispersão de líquidos imiscíveis, redução de aglomerados de partículas para homogeneização.

Comumente utilizados na mistura de cremes, tintas e géis, agora são usados em uma enorme variedade de indústrias para aumentar a eficiência. Promove maior deslocamento de matéria prima por centímetro cúbico, movimentando uniformemente todas as partículas com a mesma intensidade e perímetro.

O agitador mecânico de bancada para laboratório é fabricado em aço inox 316L, compatível com misturadores Gehaka, Ika, Fisatom, Quimis e qualquer furadeira de bancada com mandril sds. É extremamente prático e seguro. Suas aletas são simétricas e balanceadas para evitar trepidações ou erro de comunicação com o eixo ou misturador. É capaz de processar lotes de 100ml a 20 litros.

 

Agitador mecânico de bancada para laboratório

Agitadores de laboratório com ventilações dedicadas
Hélices e hastes com ventilações dedicadas para potencializar a circulação de matéria prima.

 

Benefícios Técnicos:

  • Aberturas circulares, retangulares e semi-circulares para potencializar a homogeneização
  • Não promove cavitação, trepidação e insuflação
  • Aletas simétricas e balanceadas isoladamentes
  • Ventilações superiores para promover circulação e movimentação extra de matéria prima
  • Máxima segurança em baixa, média e alta rotação (10 rpms até 1.750 rpms)
  • Compatíveis com diversos agitadores e furadeiras de bancada

 

Características Técnicas:

  • Diâmetros das Hélices: 50mm, 100mm, 150mm, 200mm
  • Material: Aço Inox 316L
  • Acabamento: Teflon, PTFE, Cerâmica, Eletropolido, Tungstênio
  • Diâmetro das Hastes: 350mm, 450mm, 550mm e 650mm
  • Aço inox com procedência certificada
  • Balanceamento com certificação

Fabricada 100% no Brasil, em São Paulo, capital.

 

Fotos do agitador com ventilação circular:

Agitador mecânico de bancada para laboratório
Orifício circular para induzir a máxima movimentação de matéria prima dentro do becker
Agitador mecânico de bancada para laboratório
Dimensionados para produtos bem viscosos e difíceis de misturar em laboratório
Agitador mecânico de bancada para laboratório
Aberturas dedicadas para promover fluxo extra para aplicações de viscosidade mais altas

 

Fotos do agitador com ventilação retangular:

Agitador mecânico de bancada para laboratório

Agitador mecânico de bancada para laboratório - retangular 2

Agitador mecânico de bancada para laboratório - retangular 4

Agitador mecânico de bancada para laboratório - retangular

 

Fotos do agitador com ventilação semicircular:

Agitador mecânico de bancada para laboratório semi circular

Agitador mecânico de bancada para laboratório 4

Agitador mecânico de bancada para laboratório 6

Agitador mecânico de bancada para laboratório 5

Agitador mecanico de bancada para laboratorio

Hélice fabricada em aço inox 316L com anal de sucção para uso em agitação em laboratório

Agitador mecanico de bancada para laboratorio
Orifícios circulares para promover máxima aspiração da matéria prima
Agitador mecanico de bancada para laboratório
Agitador de hélice recomendado para recipientes de 300ml até 10 litros
Agitador mecanico de bancada para laboratório
Simetria exata das aletas promove máxima sucção sem cavitação
Agitador mecanico de bancada para laboratório
Agitador com ventilação circular para acelerar a máxima homogeneização em produtos viscosos
Agitador mecanico de bancada para laboratório
Estabilizada e banlanceada ideal para qualquer teste de bancada de laboratório

2 thoughts on “Agitador mecânico de bancada para laboratório

  1. Seguindo na utilização da hélice que foi indicada para a nossa aplicação (dissolução de goma), gostaria de mais uma cotação. Estamos querendo aplicar em um novo equipamento mas a ideia agora é usar o disco de 225mm com uma furação especial, adequada ao nosso projeto de eixo. Segue no email o perfil do furo que queremos no disco: 20mm com corte linear. Outra questão é a seguinte: se tivéssemos um disco destes com um diâmetro um pouco maior, ele poderia ser mais eficiente na dissolução? Gostaríamos de testar, por exemplo, um disco de diâmetro 215mm – 240mm também neste equipamento, para compararmos com a aplicação do disco de 225mm. Poderia nos cotar também este disco maior (considerando também a mesma furação especial)?
    Aguardo a cotação assim que possível.

    1. Fernão, bom dia.
      Muito bom receber sua mensagem aqui.

      O diâmetro do vetor de mistura e a velocidade são diretamente proporcionais para produzir a taxa de recirculação interna e isso também será igualmente impactado pelo diâmetro do batch. Portanto, aumentar a altura da aleta sem um estudo prévio da composição da matéria-prima não otimizará o processo de solubilização, pelo contrário, apenas elevará a frequência do motor e desarmá-lo. Demandamos atenção também na instalação de defletores e conicidade interna.

      Recomendo sempre equilibrar a mistura nos elementos básicos da mecânica de fluídos, como: dimensional + densidade, viscosidade + potência eletro-motriz (rpm). Conjugando esses elementos pautados através das leis de newton, conseguiremos derivar em qualquer aplicação e sobretudo, sob o ponto de vista da performance.

      Mas se for a única, deve-se compensar essa característica com uma velocidade bastante elevada, o que requer grande potência do motor e ainda pode deixar o produto aerado.

      Enviei por email a proposta técnica para aquisição das hélices nas configurações de 225mm e 250mm.

      Por favor, qualquer dúvida me encontre facilmente no 11 98478-7001.

      Abração, Henrique Linhares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *