28 exemplos de discos dispersores mal fabricados

28 exemplos de discos dispersores mal fabricados

principaiserros-dispersorestintas

 

Veja o que acontece quando você compra hélices dispersoras ou do tipo cowles com empresas de máquinas e equipamentos industriais.

Muitas empresas no Brasil ainda fabricam como na década de 50 – cortam em esmerilhadeiras.

Por incrível que pareça, muitas empresas ainda fabricam e cortam manualmente seus discos e hélices misturadoras. É um processo extremamente defasado que afeta diretamente a capilaridade do aço inox e na qualidade do produto final – em virtude da imperfeição na reprodutibilidade do operador.

No Brasil, com exceção das multinacionais, a maioria das empresas que produzem hélices misturadoras são familiares e ainda trabalham desta forma. Encarecendo o preço final e prejudicando na estabilidade da peça. Mesmo que você seja pouco detalhista, perceberá que nenhuma peça é igual à outra. Nenhum dente é simétrico ao outro. Há imperfeições no grau de todas as aletas. Quanto mais antigo for um maquinário para produzir discos dispersores, pior é seu desempenho, o que compromete a sua produtividade junto ao ambiente de produção ou laboratório.

O uso das máquinas indica o nível de desenvolvimento no país. O pique de performance de um equipamento é em torno dos seis, sete anos, até que uma tecnologia nova apareça. Com uma máquina nova, é possível produzir mais, com mais qualidade e menor custo.

“Trabalhei muitos anos em uma empresa de bens de capital. Pude conhecer com profundidade o mercado. A maioria das fábricas que produzem hélices são familiares ou multinacionais. Dois extremos. A falta de profissionalismo contra o excesso. Dois antagonismos que permitiu enxergarmos uma lacuna de mercado para iniciamos a Só Hélices. O mais impressionante é que isso diz respeito a um comportamento recorrente há muitas décadas na indústria no Brasil e que ainda não mudou. A tecnologia evoluiu, enquanto o comportamento e pensamento continuam os mesmos.  A produtividade de uma empresa é totalmente proporcional à idade de suas máquinas. É impossível garantir estabilidade, exatidão nos dentes e angulação de trabalho, sem automação.”, afirma Henrique Linhares.

 

seta Conheça a evolução da hélice tipo cowles ou dispersora que está revolucionando o mercado de mistura industrial. Recomendada para alta dispersão e homogeneização em ambiente de laboratório ou produção.

 

Fotos dos misturadores mal fabricados:

Hélice dispersora mal fabricada

Disco dispersor mal fabricado

Disco dispersor mal fabricado

Hélice Errada DIspersora mal fabricada

 

Dispersor Cowles com dentes pequenos e desgastados após 24 horas
Dispersor Cowles com dentes pequenos e desgastados após 24 horas
Disco Caules com dentes errados
Disco Caules com dentes errados
Dispersor Cowles fabricado com dentes curtos.
Dispersor Cowles fabricado com dentes curtos.
Dispersor Cowles com dentes tortos.
Dispersor Cowles com dentes tortos.
Dispersor cowles com dentes desproporcionais
Dispersor cowles com dentes desproporcionais

dente_errado_disco_cowles

disco_errado_cowles_grosso

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Hélice vendida como disco cowles

Disco dispersor tipo cowles

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor tipo cowles para tintas mal fabricados

Disco dispersor tipo cowles para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados

Disco dispersor para tintas mal fabricados em plastico

Disco dispersor para tintas mal fabricados em fábrica de leite

 

Video da hélice mal balanceada:

 

Video do método comum de fabricação:

 

Compre disco dispersor cowles pelo whatsapp e email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *